Sobre o Blog

Este é o blog do livro “A FÓRMULA DA FELICIDADE“.

Desde que o homem se conhece por gente ele sempre se questionou, qual é a razão da nossa existência? Seria a Felicidade a resposta?

Ao longo dos tempos muitos estudiosos, psicólogos, filósofos, matemáticos, historiadores e muitos outros têm se debatido sobre este tema, a Felicidade. 

“Não busqueis a felicidade fora, mas sim dentro de vós, caso contrário nunca a encontrareis.”  Epiteto [Filósofo Turco, 50 – 130 a.C]

“A felicidade é igual, quer se encontre numa pessoa rica quer numa de condição humilde.” Eurípedes [Escritor e Dramaturgo grego, 480 – 406 a. C]

 “A felicidade é algo ao alcance do ser humano, o desejo mais sublime e superior a que o homem pode aspirar, algo muito além da mera satisfação dos sentidos corporais.”  Sócrates [Filósofo grego, 469 – 399 a.C] 

O autor define a FELICIDADE da seguinte forma:

FELICIDADE é um estado momentâneo de uma consciência plenamente satisfeita, que o ser humano alcança ao vivenciar um determinado acontecimento que ele muito desejou (sonho), e se esforçou muito para realiza-lo.

A fórmula para se alcançar a FELICIDADE é mostrada no livro, de forma simples e objetiva. Não deixe de ler.

Anúncios

5 Comentários (+add yours?)

  1. Ivanisia Maria Gomes Servera
    maio 17, 2011 @ 02:23:39

    Sim concordo com a definição de FELICIDADE , que o autor deu ,com certeza ela é um estado momentaneo da conciencia satisfeita ,PARABÁNSSSS.

    Responder

  2. cacau clemente
    maio 29, 2011 @ 21:54:05

    Parabéns pela iniciativa.
    Teremos mais subsidios para abordar o assunto, sobretudo pela maneira aberta como o autor nos deixa o imaginario da sua mente.
    obrigado.

    Responder

    • A Fórmula da Felicidade
      maio 29, 2011 @ 23:06:39

      Cacau,
      O prazer é todo meu em compartilhar com as pessoas minha visão sobre a Felicidade.
      Obrigado pelas palavras. Abraço.

      Responder

  3. anderson (carioca)
    jan 15, 2012 @ 21:29:24

    Se a felicidade é um momento de satisfação, e – ao mesmo tempo – a busca pelos sonhos e desejos, não seria mais interessante o caminho que a chegada? Cada objetivo alcançado não seria apenas um pequeno vislumbre de felicidade que rapidamente se esvairia? Desta forma, talvez pudéssemos resumir ser feliz a continuar sonhando, almejando, esperando, acreditado?
    Querer sempre o novo, o diferente o intangível? O livro está lançado. Espero que já esteja buscando seu próximo sonho.
    Feliz em ver que tudo está bem. Esperando que fique ainda melhor.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: